sábado, 13 de março de 2010

Sombras da Nova Ordem Mundial

Aumentam a cada dia as conjecturas sobe como será o futuro da humanidade em nosso planeta. Previsões sombrias pairam sobre as nossas cabeças, o que é natural por causa dos fatores múltiplos que fazem parte do panorama atual do mundo.

Muito se tem falado sobre as ameaças climáticas e há dúvidas sobre se realmente a Terra está mais quente, por causa da ação do homem, ou se isto é algo cíclico pelo qual o planeta deve passar.

Poucos são os que, todavia, tem se debruçado sobre as questões éticas. Isto bem pode ser por causa de uma cosmovisão pagã que não faz distinção entre o bem e o mal. Esta visão de mundo,contrária ao que diz a Palavra de Deus chama-se monismo e vê tudo como uma coisa só. Não há distinções. E as implicações desta forma de ver o mundo trarão consequências desastrosas para a humanidade uma vez que a Igreja for tirada de cena por causa do Arrebatamento (ou então estas consequências ocorrerão, se os póstribulacionistas estiverem corretos em sua interpretação sobre o retorno de Jesus, com a Igreja estando sobre a Terra).

A declaração fundamental do Movimento da Nova Era é o monismo. “Tudo é um”. Crêem também que cada pessoa é um deus em potencial. A consequência desta crença, será a aceitação unânime do futuro governante mundial. Uma nova elite já está trabalhando nos bastidores para que a humanidade submeta-se sem maiores percalços à ideia de um governo único mundial. Já se delineiam no horizonte os contornos desse superestado que abarcará a tudo e a todos. Para sobreviver nesta Nova Ordem Mundial, as pessoas abandonarão as noções tradicionais de liberdade e dignidade.

A orquestração diabólica que trará à luz este governo mundial anticristão e seu governante máximo, a Besta de Apocalipse 13, já está há muito tempo em ação, aliás desde a queda do homem no Éden (Gn 3.4,5; 2Ts 2.7). O princípio de rebelião que Paulo denomina “mistério da iniquidade” cresce continuamente.

O superestado que está em formação suprimirá a liberdade do homem. De forma sutil inicialmente, mas crescente em eficácia, a esmagadora opressão de Satanás através do Anticristo será cruel e impiedosa. O mundo nunca mais, a partir deste tempo que a Bíblia chama de Grande Tribulação (Mt 24.21) que é 70a semana de Daniel (9.27) viverá como tem vivido até agora. Serão dias muito aflitivos. Jesus disse que se aqueles dias não fossem abreviados ninguém se salvaria (Mt 24.22). A desvalorização da vida, a destruição dos valores cristãos, a blasfêmia contra Deus, a exaltação do ego, estarão na ordem do dia. Interessante observar a etimologia de tribulação: no grego, o termo é thlipsis que traz em si a ideia de pressão como se houvesse uma grande carga sobre o espirito humano.

Recordamos aqui o livro de George Orwell 1984 onde uma sociedade totalitária e um estado policial são retratados e o olhar onipresente do Grande Irmão estava em toda a parte. Mas a ficção somente dá uma pálida ideia do que acontecerá na realidade daqueles dias. No atual estágio em que se encontram a tecnologia e a informática, o Anticristo será totalmente onipresente, ninguém poderá esconder-se, ninguém poderá viver como se ele não existisse, toda dissidência será violentamente esmagada porque o mundo será um estado policial, na realidade, o mundo tornar-se-á uma enorme prisão. Se alguém quiser viver em conformidade com o futuro governo anticristão, se alguém quiser ter sua vida normal, com suas necessidades básicas preenchidas, terá de aceitar a marca da besta (Ap 13.16-18). E também deverá adorar ao Anticristo. É fazer isto ou viver á margem da sociedade e ser perseguido e morto. Ninguém escapará. O Anticristo usará plenamente seus poderes ocultistas juntamente com seu ministro religioso, o Falso Profeta (Ap 13.11-16). A propósito: aquele que aceitar a marca do anticristo ou adorá-lo, não poderá mais ser salvo, estará irremediavelmente condenado ao lago de fogo (Ap 14.9,10,11).

Assim, é desta maneira que a Bíblia demonstra a realidade final da história da humanidade ímpia sobre o planeta. São insensatas utopias todas aquelas previsões de que o homem superará as crises sociais, econômicas, as guerras, os problemas do meio ambiente e conseguirá implementar uma era de paz e felicidade. Isto acontecerá somente quando Jesus Cristo voltar pela segunda vez. Antes disso, não haverá escape em toda a terra para as consequências terríveis do juízo divino que sobre todos os ímpios se abaterá. O próprio governo de Satanás no mundo, na pessoa do Anticristo, já em si constitui-se em juízo de Deus para os ímpios, além das pragas que Deus enviará como o livro de Apocalipse demonstra cabalmente.

Ainda há tempo de escapar do vindouro governo mundial. Se você está em Cristo, você está seguro eternamente. Nada há a temer. Porém, se ainda não entregaste teu coração a Ele, tenha cuidado porque o tempo para estes acontecimentos finais está muito próximo.

Por favor, te conclamo: Pense nisto!

2 comentários:

  1. Olá!

    Está disponível no site Clube de Autores a série de livros Maçonaria Revelada. Acho que você vai gostar muito.

    Tem um vídeo no You Tube, inclusive.
    http://www.youtube.com/watch?v=lgW4xwlYv30

    ResponderExcluir
  2. Obrigado Augusto, não só pela dica mas por sua presença por aqui, Deus o abençoe, um abraço.

    Cicero Ramos

    ResponderExcluir