segunda-feira, 1 de março de 2010

Reflexões sobre os 59 primeiros dias de 2010

Ontem completaram-se 59 dias do ano de 2010. O que você acha que mais teve destaque nos noticiários? Sem nenhuma dúvida foram os desastres na natureza. Não só no Brasil como também em outros lugares do mundo. O que está ocorrendo na natureza em todas as latitudes ao redor do globo fala altissonantemente para todos nós o que já sabemos: Jesus Cristo brevemente voltará!

O que para todo verdadeiro cristão, nascido de novo, lavado e regenerado pelo Espírito Santo, constitui-se em sua esperança, o clímax de sua vida de fé, a consumação de sua salvação, a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo, para aqueles que ainda verdadeiramente não conhecem Sua salvação será um dia de lamento e desespero porque constatarão, mui tardiamente o que todos os dias eles ouvem hoje de que Jesus Cristo morreu pelos seus pecados!

As convulsões naturais cumprem as profecias bíblicas que não só os profetas do AT vaticinaram mas também o próprio Senhor Jesus proclamou em Seu ministério.

Infelizmente, muitas pessoas ainda não despertaram para a realidade do que anunciamos: Estamos de fato nos últimos dias e o pecado do homem aumenta e aumentará cada vez mais. Mas Deus deseja salvar a todos por meio d’Aquele que morreu e ressuscitou, Seu Filho Jesus Cristo!

Não se pode absolutamente negar o fato de que as catástrofes naturais tem aumentado em sua proporção. Muitos terremotos de grande magnitude, furacões arrasadores, chuvas com enchentes destruidoras que fazem lembrar o Dilúvio bíblico, calor intenso ou inverno com nevascas intensas. Tudo isso aconteceu nestes 59 primeiros dias do ano de 2010. Obviamente já haviam ocorrido muitos eventos como por exemplo o tsunami na Ásia no final de 2004. Nestes 59 primeiros dias tivemos uma constância no noticiário tanto local como internacional de eventos naturais que causaram morte e destruição. As nevascas nos Estados Unidos e na Europa foram muito intensas. Para fechar o período tivemos este grande terremoto no Chile de magnitude 8.8, sendo 900 vezes mais poderoso que o terremoto que arrasou o Haiti em janeiro.

E no Brasil tivemos a tragédia das avalanches em Angra dos Reis provocada pelas chuvas intensas e outras cidades, principalmente no estado de São Paulo que foram grandemente afetadas. A cidade de São Paulo sofreu mais de 45 dias de chuvas ininterruptas que fizeram com que o paulistano convivesse com algo que não faz parte de seu cotidiano: botes e canoas para salvar as pessoas isoladas por causa da violência das enchentes.

Sendo assim, não posso concordar com os naturalistas que tudo atribuem a fenômenos de ocorrência cíclica. Acredito piamente no que diz a Palavra de Deus. Ali, Deus solenemente anuncia as coisas que acontecerão a esta terra. O profeta Sofonias cap 1 vs 2 e 3: ”Hei de consumir por completo tudo de sobre a terra, diz o SENHOR. Consumirei os homens e os animais, consumirei as aves do céu, e os peixes do mar, e os tropeços juntamente com os ímpios; e exterminarei os homens de sobre a terra, diz o SENHOR.”

E ainda mais nos versos 14 a 18 e o cap 3 vs 6: O grande dia do SENHOR está perto, sim, está perto, e se apressa muito; amarga é a voz do dia do SENHOR; clamará ali o poderoso. Aquele dia será um dia de indignação, dia de tribulação e angústia, dia de alvoroço e de assolação, dia de trevas e de escuridão, dia de nuvens e de densas trevas, dia de trombeta e de alarido contra as cidades fortificadas e contra as torres altas. E angustiarei os homens, que andarão como cegos, porque pecaram contra o SENHOR; e o seu sangue se derramará como pó, e a sua carne será como esterco. Nem a sua prata nem o seu ouro os poderá livrar no dia da indignação do SENHOR, mas pelo fogo do seu zelo toda esta terra será consumida, porque certamente fará de todos os moradores da terra uma destruição total e apressada. Exterminei as nações, as suas torres estão assoladas; fiz desertas as suas praças, a ponto de não ficar quem passe por elas; as suas cidades foram destruídas, até não ficar ninguém, até não haver quem as habite.” Que cenário de tremenda desolação.....

Como o próprio Senhor Jesus nos disse, isto que já está acontecendo com o clima (para não falar da violência, das guerras, das epidemias) é só o princípio das dores. Cremos que Deus soltará a represa de sua ira e indignação exatamente no período da Grande Tribulação sobre todos os pecadores que rebeldemente se mantém distantes d’Aquele que por todos nós morreu e ressuscitou. O que está descrito em Sofonias e nos outros profetas demonstra o que acontecerá a esta terra e aos seus impenitentes moradores que sofrerão o julgamento de Deus.

O que nos reservará a continuidade deste ano? Apenas quero lembrar que o Senhor, apesar das promessas de derramamento de ira e indignação sobre os ímpios, deseja acima de tudo salvá-los. Está escrito em Ezequiel 18.23 e 32 e em 2 Pedro : Desejaria eu, de qualquer maneira, a morte do ímpio? Diz o Senhor Deus; Não desejo antes que se converta dos seus caminhos e viva? Porque não tenho prazer na morte do que morre, diz o Senhor Deus; convertei-vos pois e vivei.” “O Senhor não retarda sua promessa, ainda que alguns a tem por tardia; mas é longânimo para conosco, não querendo que alguns se percam, senão que todos venham a arrepender-se.”

Assim, temos bem assentada pela Bíblia a vontade de Deus. Devemos atentar para o fato de que estes acontecimentos todos devem levar o homem ao arrependimento. No próprio livro de Apocalipse é demonstrada a oportunidade que o homem terá, mesmo em meio aos grandes sofrimentos que Deus infligirá a este planeta, de arrepender-se de seus pecados (Ap 9.20,21; 16.9,11), muito embora os textos deem a entender que não se arrependerão.

Hoje é dia aceitável. Ainda hoje você, que ainda não conhece a Jesus como seu Único e suficiente Salvador, pode arrepender-se de seus pecados e receber a Cristo em sua vida. E quanto a você que já serve ao Senhor mas anda um tanto quanto desanimado com problemas vários, saiba que o Senhor, o Poderoso de Israel é o que te fortalece (Is 40.29-31).

Passaram-se os 59 primeiros dias deste ano. Aproveite para fazer uma avaliação em sua vida (2 Co 13.5). Os dias passam, breve Cristo voltará. Por favor, pense nisto!

Nenhum comentário:

Postar um comentário