domingo, 25 de outubro de 2009

Sexo para felicidade e não para a miséria


Deus nos criou de maneira a glorificarmos seu Nome. De uma maneira bela, vejo a união entre um homem e uma mulher algo tão profundo e tão intenso que Paulo a comparou com a união entre Cristo e a Igreja em Efésios 5.22-33. Por isso, há recomendações por toda a Bíblia sobre o cuidado que se deve ter nesta relação homem-mulher. O matrimônio foi instituído por Deus mas sempre será alvo de Satanás para seu pleno aviltamento.

É de se espantar a quantidade de mães solteiras no Brasil, segundo uma estatística recente, 30% das jovens tem seus filhos sem estarem casadas. Isto denigre o plano original de Deus que dará plena felicidade ao ser que Ele criou segundo sua imagem e semelhança. A nossa sociedade entronizou o deus da sexualidade. Todo nosso cotidiano permeado está pela sensualidade: nas publicações, na música, tv, conversas, etc.

A Palavra de Deus tem sido posta de lado pelo ser humano para permitir a passagem destruidora da impureza e da lascívia. A Bíblia diz em 1 Co 6.18 para que fujamos da impureza, ou, da prostituição. O Espírito de Deus não habitará em um templo maculado pela impureza sexual, 1 Co 6.19. O homem que se une a uma prostituta torna-se um com ela, 1 Co 6.16 (prostituição refere-se ao ato sexual efetuado de maneira ilícita, quer seja entre solteiros ou entre casados, ou entre casados e solteiros) . A imoralidade destrói o templo de Deus que somos nós, 1 Co 3.17.

Deus ordena uma só coisa no que tange à imoralidade: FUGA! Não estamos autorizados a flertar com a impureza. A direção da mídia tem sido no sentido de contrariar o projeto maravilhoso que o Senhor Deus intentou para um homem e uma mulher. Em Gálatas 5.16 Paulo escreveu: "Digo, porém: Andai em Espírito, e não cumprireis a concupiscência da carne." Andar em Espírito significa exatamente FUGIR da impureza conforme 1 Co 6.18.

Tantas misérias na vida de tantos homens e mulheres, tantas crianças criadas em uma família disfuncional, onde falta a figura paterna e/ou materna, dá-se exatamente pela não-obediência aos preceitos bíblicos que Deus determinou, não podar a alegria do homem, mas exatamente para nortear sua vida no que tange ao desejo de um homem por uma mulher ou vice-versa de forma saudável e adequada, é a razão de ser dos mandamentos divinos.

Em 1 Co 7.1-9, Paulo ensina da parte de Deus de uma forma consistente, como verdadeiramente devem o homem e a mulher considerarem sua relação mútua. Casados, não devem negar-se um ao outro, exceto para uma consagração pessoal a Deus por meio da prática da oração, mas o apóstolo ensina no verso 5 que, fora este motivo, não devem fugir um do outro mas devem UNIR -SE em relacionamento sexual, proporcionando alegria e felicidade um ao outro e considerando o que é dito ao final do versículo porque o diabo sempre estará procurando achar brechas nesta área porque ele sabe que o homem facilmente cai em pecado contra Deus quando deixa estes parâmetros ora considerados.

Sendo assim, penso que a visão de Deus para a vida sentimental do homem, para a plena realização de seus desejos sexuais (lícitos, não esqueçamos, foi Deus quem os criou) passa em voltar-se de forma total ao que já está preordenado há muito. Por isso reveste-se de capital importância que a Igreja de Jesus Cristo proclame o Evangelho de forma integral, não é de forma alguma uma pregação para agradar ao homem pecador, mas é uma pregação autêntica para proclamar a verdade da Palavra de Deus sobre o homem e denúncia de seu pecado na área do sexo.

Para muitos, fazer sexo fora do casamento é a regra, é o normal. Para Deus, é quebra de seu mandamento, é pecado.

Com quem ficaremos, com Deus e Sua Palavra ou com as influências pecaminosas devastadoras de nossa felicidade deste mundo que jaz no maligno?

Olhe a quantidade de mães solteiras ou de abortos realizados. Olhe a miséria social e a promiscuidade sexual em consequência da não-observância da lei de Deus.

Jesus confirmou em Mateus 19. 4-6 o que está escrito em Gênesis 2.24: "Portanto deixará o homem o seu pai e a sua mãe, e apegar-se-á à sua mulher, e serão ambos uma carne."

Pense nisto.

3 comentários:

  1. Opa
    http://daumalidaa.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Como que faz prá enviar prá outra pessoa?...apesar de qu, primeiro eu vou ver se sei enviar pelo próprio FaceBook...
    Brigada..
    Muitíssimo bom mesmo este artigo!!!! abçs.

    ResponderExcluir
  3. Desculpa os erros...ms nem é de digitação...meu teclado tá mto ruim....

    ResponderExcluir